O jornal Valor Econômico conversou com o sócio Paulo Macedo Garcia Neto a respeito da decisão do TJ-SP de permitir a compensação de valores entre uma empresa e outra que esteja recuperação judicial.
Na entrevista, Paulo explicou que, no caso analisado pelo Tribunal, a decisão foi possível porque o descumprimento contratual foi anterior ao início do processo de recuperação, e também por não haver alegação de fraude nem de conluio.
A reportagem completa pode ser acessada em: https://glo.bo/2mkQ7Su

Reconhecimentos